terça-feira, 2 de agosto de 2011

Alianças & + Alianças ( Parte 2 )

As alianças de casamento têm sua importância desde o início do noivado, acompanhando o casal por muito tempo. Não menos importante que outras etapas do casamento, a escolha das alianças merece cuidado. É importante que estas, entre vários pontos a serem abordados, sejam confortáveis, bonitas e duráveis. Veja o que precisa saber sobre o universo desta jóia, e acerte na escolha da aliança para seu casamento. Confira!

Há uma variedade de quesitos sobre a escolha das alianças que devem ser avaliados quando começar a procurar, os quais são: os estilos de alianças e os modelos, orçamento; o gosto do casal; os tipos de mãos, a diferença na gramatura do ouro; a qualidade das alianças e quando comprá-las.

Existem estilos de alianças clássicas e modernas. Adotando o estilo tradicional, escolhem-se alianças de ouro amarelo polido, podem ser de 14, 18 ou 24 quilates; quanto maior o número de quilates, mais dourada é aliança. Quanto às modernas, pode-se optar por alianças menos arredondadas ou até quadradas.
Dentre os tipos de alianças, há as cravejadas com pedras, brilhantes, diamantes - variando o número de pedraria -; aquelas com misturas de metais - também podem ser de ouro 14, 18 ou 24 quilates -; polidas ou escovadas; ter formatos diferentes, menos ou mais arredondadas ou quadradas; anatômicas e industrializadas ou confeccionadas artesanalmente.

A diferença entre as alianças polidas e as escovadas, é visual. A primeira é mais brilhosa, enquanto a segunda é mais opaca. Os resultados vêm através do processo de polimento ou fosqueamento. Boa parte dos casais opta pelas escovadas afim de fugir do tradicional, mas podem transformá-las em polidas ou vice-versa.

As anatômicas são muito mais confortáveis, pois possuem o fundo interno abaulado, isto é, arredondado internamente. Garantindo que a jóia não aperte o dedo, proporcionando maior conforto.
Aquelas que passam pela industrialização não podem ser modificadas com tanta facilidade, enquanto isso, as alianças confeccionadas artesanalmente oferecem acabamento diferenciado, pois são feitas especialmente para atender o gosto do casal, permitindo o acréscimo de detalhes, tornando o modelo exclusivo e sendo compatível com orçamento do cliente.


É necessário saber também a diferença entre o ouro 14, 18 e 24 quilates. O ouro 18k é composto de 75% de ouro puro e 25% de ligas metálicas, cobre e prata, assim o metal adquire a resistência necessária para a confecção da jóia. O de 14k é o menos puro e, o ouro 24k é o mais puro, mas por ser muito maleável não confere à peça a resistência necessária.

As alianças também podem ser personalizadas. Alguns casais escolhem deixar inscritos como seus nomes, data do casamento, declarações de amor, letras de músicas ou poemas, sendo alguns destes não muito visíveis a olho nu. Outros optam por alianças distintas, uma especifica para o homem e outra para mulher, a qual pode diferenciar-se nas ornamentações. E, os mais refinados, escolhem alianças de platina lisas que são incrustadas com um pequeno diamante a cada aniversário de casamento.


Não há uma moda de alianças de casamento, mas sim diferentes tipos e a personalização do casal que reflete o gosto pessoal de cada um. No entanto, sempre há um modelo que vende mais em determinada época. Ainda sim, recomenda-se que os noivos não comprem as alianças no impulso, optando, por exemplo, pelo modelo mais vendido, pois elas deverão agradar o gosto de ambos durante anos.


No caso das alianças com diamante, questionem principalmente sobre o corte da pedra, pois é ela que determina o brilho, bem como a medida desta, o peso, a e qualidade.
Ademais, há um período do dia mais recomendado para a procura e prova destas alianças. Pela manhã ou após exercícios físicos os dedos estão mais inchados, assim como diferem de largura do verão para o inverno. O melhor é reservar a prova para os dias em que a temperatura do corpo esteja normal.



Separe pelo menos dois meses para pesquisar a forma e o preço das alianças. Nesse período, pode se selecionar de duas a três alianças que tenham agradado, podendo experimentá-las novamente. As alianças personalizadas ou feitas sob medida, exclusivamente para os noivos, requerem muito mais tempo.
Considere também o estilo de vida do casal, pessoas esportivas devem optar por alianças mais finas e mais redondas, em detrimento das maiores e mais trabalhadas; já quem trabalha com as mãos deve evitar as pedras, e optar por alianças lisas e mais espessas.



Atuando como a moldura é pra fotografia, os tipos de mão interferem. A aliança mais achatada é adequada a dedos finos. Alianças finas se perdem em mãos grandes, as de largura média ficam melhores. Para mãos pequenas, alianças com diversas pedras postas em linha conferem mais harmonia. Uma aliança com um design diagonal dá a ilusão de mais largura para dedos compridos. Já dedos mais grossos pedem por uma aliança mais larga.



A aliança é um anel usado para simbolizar o amor eterno, que não se finda no circulo da jóia, mas sempre recomeça. Por isso, sua escolha não deve envolver arrependimentos posteriores. Opte por aquela que lhe agradará durante anos, simbolizando sempre o compromisso assumido.


                                          "eduarda rodini D. design"
                        Rua Barão de Arary 538  Araras  Tel : 19 35413610  
                                     http://indesign-eduarda.blogspot.com/                 

Um comentário:

  1. Eduarda, boa noite!

    Me interessei pela 4ª aliança que que está aqui no blog, é a vazada e com brilhante quadrada.
    Quanto custa? Como posso ver? Vc fica em São Paulo capital?

    Aguardo retorno.

    Obrigada!

    Andréia Gonçalves
    (11) 8362 4549
    (11) 3125 2286
    andreiag04@hotmail.com

    ResponderExcluir